casa

Com a população mundial deve chegar a 9 bilhões de pessoas até 2050 e os rendimentos da classe média em ascensão, os agricultores da América do Norte e Sul compreendem a necessidade de aumentar a produtividade agrícola para atender à demanda sem precedentes para a alimentação humana e animal. Isso terá de ser feito de forma sustentável utilizando menos terra, energia e água e mitigar os impactos das mudanças climáticas. Para realizar tal tarefa, os agricultores terão acesso a evolução das práticas de produção agrícola, incluindo a biotecnologia agrícola. No entanto, o impasse regulamentar e falta de compreensão do consumidor de tecnologias agrícolas restringir a capacidade dos agricultores para capturar os benefícios da inovação.

Em janeiro de 2013, lideranças de associações de plantadores de milho na Argentina, Brasil e Estados Unidos se reuniram para discutir a colaboração em abordar as barreiras de acesso aos mercados globais relacionadas com a introdução de novas tecnologias na agricultura, particularmente em biotecnologia. Esta reunião levou à formação de MAIZALL: O milho Alliance International.

MAIZALL está empenhada em três áreas de atuação: comunicar os benefícios dos métodos de produção agrícolas e tecnologias modernas, abordando aprovação assíncrona de produtos biotecnológicos, e promover a harmonização regulatória.